Publicado por: cjabruno | agosto 3, 2009

Sentimento de Aeroporto

nym_airportUm dos lugares que eu mais gosto é o aeroporto… Já passei horas esperando vôo ou mesmo esperando gente chegar, já tive péssimas experiências

com bagagem e desde cedo tive que me acostumar com despedidas em aeroportos.

Eu lembro da cena que abre e encerra o filme Simplesmente Amor (Love Actually), de pessoas se abraçando no aeroporto como se tudo fizesse sentido de repente ali, todos os problemas ficam para trás no momento daquele abraço.

Essa é a idéia romântica da coisa, é claro, mas o aeroporto sempre me facinou pelos sentimentos. Eu ainda brinquei esses dias com a minha roomie que nunca foi ao Aerporto de Guarulhos (Cumbica), que todo mundo tem que ir ao aeroporto internacional, nem que seja pra comer e ficar olhando o movimento.

Pode parecer exagerado, mas eu realmente acho… Quantos planos eu fiz em aeroporto, quantos sentimentos eu descobri, quantas vezes eu chorei, quantas boas lembranças eu tenho do sentimento que o aeroporto causa, essa mistura de adeus e olás, de planos e expectativas, de férias e de trabalho. 91_20070919_194949

Bom, essa semana eu não fui ao aerporto, mas eu senti isso com a notícia de uma amiga que vai embarcar este final de semana para uma nova jornada da vida, senti isso também durante o processo de mudança de apartamento que foi esse final de semana.

Esse novo semestre está todo cheio de mudança, mas acho que importante foi eu perceber um pouco o que eu quero de novo. Eu me orgulho por saber o que eu NÃO QUERO, afinal acho que é um começo, porque o querer é tão efemero quanto a felicidade, é dia-a-dia. Entretando é importante estabelecer alguns quereres no meio dos “eu não quero” e o sentimento de aerporto me proporcionou mais uma reflexão.

Fechei um ciclo… Em dois anos mudei 4 vezes, em 9 meses de São Paulo já estou no quarto emprego, segundo apartamento, muitas risadas, trocentos cafés, um monte de novas experiências e tantas desilusões. É cedo para fazer um saldo, afinal isso é coisa de final de ano, então encerro citando Marisa Monte que é uma ótima conclusão a minha reflexão:

“Eu não sou da sua rua,
Não sou o seu vizinho.
Eu moro muito longe, sozinho.
Estou aqui de passagem”

A)    Adoro Aeroportos

B)     Detesto Aeroportos não me causam nada além de stress

C)    O estacionamento do aeroporto é caro!

D)    Mudança, cansa!

E)     Quem se interessa com sua reflexão?! !!#$#@%¨!@%

Anúncios

Responses

  1. Mudanças são boas.
    Eu, pelo menos, sempre encarei assim.
    Tantas coisas que aconteceram…nossa…parando pra pensar…quantas coisas aconteceram! E sempre foram mudanças pra melhor…
    Às vezes sentimos uma necessidade imensa de mudança. Mas dá uma preguiiiiiça de levantar da cadeira…

  2. Definitivamente “C”
    uahuahauhauhha

    Eu morro de medo da mudança em si, mas adoro mudar!
    Estranho isso…

    No momento me sinto até sem ar, preciso de mudança!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: